Higiene Íntima

higiene íntima

Muitas mulheres não consideram a higiene íntima como distinta da sua rotina de higiene comum.

No entanto, uma higiene íntima adequada requer diferentes hábitos, uma vez que a zona íntima é delicada e propensa a infecções.

A vagina tem um pH ácido, mais ácido do que a pele do resto do corpo, o que ajuda a manter as bactérias boas (como os lactobacilos) saudáveis e a manter controladas as bactérias nocivas.

O mais indicado é lava a zona íntima com água morna e produtos suaves, sem perfume, no dia-a-dia.

Existem alguns produtos concebidos especificamente para a zona íntima. Estes produtos ajudam a manter o equilíbrio natural do pH enquanto limpam suavemente mas de forma eficaz.

Lave-se e seque-se sempre, especialmente após o exercício físico. Depois de nadar ou de fazer exercício físico, mude também a roupa interior, para se manter fresca e lavada, pois as bactérias propagam-se mais rapidamente em condições de maior calor e humidade.

Idealmente, a roupa interior deve de ser de algodão, evitando fibras sintéticas.

E claro, quando vai à casa de banho, limpe-se sempre da frente para trás, a fim de evitar a propagação de bactérias da região anal.